Ebômi X Ẹ̀gbọ́n mi. Compreendendo a diferença além da grafia!!

Mo júbà

E aqui estamos com mais uma postagem de conteúdo que irá ajudar você em sua caminhada em aprender o idioma Yorùbá. Hoje irei tratar da palavra comumente usada no Candomblé, mas erroneamente associada a um determinado tempo ou à uma determinada obrigação.

Ebômi – Os famoso 7 anos!

Vejo, ouço e leio constantemente sobre o tal “ebômi”. Funciona essa palavra para duas situações (Como as pessoas falam por aí. Não sou eu quem está determinando isso, deixar claro!!!):

  1. A pessoa que já passou de 7 anos de iniciado;
  2. Pessoas que tomou a obrigação de 7 anos e com isso passa a receber alguns privilégios, como entrar em determinadas rodas, segurar determinados objetos e etc. Curioso de quem segue essa norma da obrigação, é que mesmo que você possua 10 anos de iniciação, caso não tenha tomado a obrigação, não será considerado “ebômi”.

Essas duas situações é como costuma ser visto o “ebômi”. Há situações que se tornam cargos ou postos. Novamente, apenas replicando o que falam por ai. Comum alguém falar que tem o cargo de “ebômi” na casa, que tem posto de  “ebômi” no àse e por ai vai.

Ser “ebômi” acarreta muitas responsabilidades, obrigações e alguns alívios. Começa-se a poder fazer outras coisas antes proibidas, pode-se usar vestimentas antes vetadas por não ter tomado a obrigação. Mas tudo isso é um costume brasileiro, vindo com a organização do Candomblé.

O vídeo abaixo explica detalhadamente a palavra, seu uso errado e seu uso e grafia corretos. Assista e depois continue a leitura.

 

Ẹ̀gbọ́n mi: o irmão(ã) mais velho(a)!

Então, curtiu o vídeo? Gostou das explicações? Acho que consegui esclarecer melhor o equívoco com a palavra e o que praticam, correto?

Ẹ̀gbọ́n é a palavra em Yorùbá que significa irmão mais velho ou irmã mais velha. Isso dentro de um contexto familiar nigerianos, onde quem nascer antes dos outros é o mais velho. Não tem nem uma ligação com obrigação ou sete anos cravados. Uma pessoa com 2 anos a mais que outra, sempre será Ẹ̀gbọ́n mi de quem estiver depois dele.

O “mi” é um pronome possessivo, como tal ele indica que algo é de quem está usando esse pronome. Ẹ̀gbọ́n mi é uma palavra que só eu posso usar quando estou indicando que o irmão é meu. Não posso falar que Pedrinho é seu Ẹ̀gbọ́n mi! Fica uma frase errada!

Há também o irmão mais novo ou irmã mais nova, cuja palavra é àbúrò e segue a mesma lógica a colocação do pronome possessivo. Àbúrò mi = meu irmão mais novo ou minha irmão mais nova!

Lembrando, se quiser aprender mais sobre o idioma Yorùbá, clique na imagem abaixo e conheça o Curso de Introdução ao Idioma Yorùbá:

Nestes cursos podemos aprender mais sobre o uso dos pronomes possessivos e evitar errar por exemplo quando quero indicar que alguém é nosso irmão mais velho. Não digo: ele é nosso Ẹ̀gbọ́n mi! Errado!!

Para indicar que alguém é nosso irmão mais velho, eu digo: Ẹ̀gbọ́n wa. Wa é o pronome possessivo da 1° pessoa do plural – Nós!

 

Ará: O irmão nem mais velho e nem mais novo!

Mas há uma situação corriqueira: chega uma pessoa ao barracão. Você sabe que ela é da religião, mas não sabe a idade de iniciação dela. O que fazer?

Os evangélicos chamam uns aos outros de irmão, são irmão na fé. No candomblé também podemos e devemos usar o mesmo conceito, por mais que há origem no cristianismo seja diferente (Deus é pai e as pessoas filhos dele, logo irmão).

Ará é a palavra em Yorùbá para irmão ou irmã sem especificar idade, logo ideal para casos em que não se sabe se alguém é mais novo ou mair velho que você.

“Mi” entra novamente como pronome possessivo que sempre, disse sempre, deve ser usado após o objeto possuído. Então, diante de uma pessoa que desconhece-se a idade: Ará mi = meu irmão ou minha irmã!

 

Conclusão

Bom, chegamos ao fim dessa postagem com vídeo  e texto, espero que tenha gostado!

Chegamos a conclusão que o termo “ebômi” é erroneamente usado, dando-se significados que não condiz com o real sentido da palavra.

Aprendemos as formas corretas de uso e mais uma vez nota-se a importância de saber o idioma Yorùbá, que passa a ser um manancial de conhecimento também cultural e não somente linguístico.

Que aprender mais sobre esse fabuloso idioma? Clique no banner abaixo e venha aprender conosco da Educa Yoruba!!!

 

Comments
  1. Wanderley alves dos santos

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ebômi X Ẹ̀gbọ́n mi. Compreendendo a diferença além da grafia!!

Mo júbà E aqui estamos com mais uma postagem de conteúdo que irá ajudar você em sua caminhada em aprender o idioma Yorùbá. Hoje irei tratar da palavra comumente usada no Candomblé, mas erroneamente associada a um determinado tempo ou à uma determinada obrigação. Ebômi - Os famoso 7 anos! Vejo, ouço e leio constantemente sobre o tal "ebômi". Funciona essa palavra para duas situações