No Candomblé Qual o Correto: Abàdá ou Agbádá?

Roupas do Candomblé – Abàdá ou Agbádá

 

O Candomblé e a Umbanda, assim como o Culto a Ifá possuem vestimentas características. No Candomblé e Culto a Ifá as roupas são em quase sua totalidade de origem nigeriana ou com referências a este país, claro que hoje há muitas adaptações no meio. Lembrando que na Nigéria, essas roupas não são totalmente associadas a cultos religiosos específicos.

Pais e Mães de santo, assim como Ekéjì e Ògá costumam também usar roupas características. Não para a função, que é o pesado do dia a dia de uma casa de Òrìsà – Ile t’òrìsà -, mas para os dias de festejos, saídas de ìyáwo(Quem está se iniciando no Candomblé), obrigações ou quando se visita outra casa. Como se fosse a roupa de gala.

Na Nigéria, o ato de se vestir também é levado muito a sério para as pessoas de classe média e alta, assim como a realeza. O detalhes, costura e apetrechos conferem status, tendo lojas on line e estilistas de renome nessa área.

Roupa em Yorùbá é àso e compreende desde o Filá(Chapéu) até os calçados. Com esta palavra também se constrói várias outras formas de usos de tecidos.

Em breve postaremos sobre algumas dessas roupas e costumes, mas esta postagem sobre roupas de Candomblé vem trazer uma pergunta, se fala/escreve Abàdá ou Agbádá?

Para quem nunca teve contato com o idioma Yorùbá deve estar dizendo que tanto faz, mas ao traduzir essas palavras ela nos levam para lugares totalmente diferentes, até mesmo as funções sintáticas são diferentes. Vejamos nas frases abaixo:

Mo ti rà abàdá!

Mo ti rà agbádá!

Para um observador desatendo, para aquela pessoa que não conhece o básico do idioma Yorùbá, estas frases querem dizer a mesma coisa. Mas vamos decompô-las e veremos que uma não faz sentido e outra é o que queremos dizer:

Mo = Eu;

Ti = partícula pré verbal que indica passado (Falamos disso em nosso Curso de Introdução ao Idioma Yorùbá – Clique Aqui e Conheça!);

= Verbo comprar (Ra=massagear/ Rá=rastejar, sumir/ Rà=comprar);

Abàdá =(Advérbio) Eternamente;

Agbádá = (Substantivo)Manto masculino dos Yorubanos.

Ou seja, a primeira frase diria: eu já comprei eternamente. A segunda frase: eu já comprei meu manto – Roupa!

A diferença fonética entre as duas palavras é bem pequena e somente com prática(B e GB), ouvindo áudios que é possível compreender e repetir é que se domina. Preferencialmente áudios de nativos nigerianos ou de alguém que realmente conheça a forma como se pronunciam as palavras em Yorùbá.

Agbádá é a vestimenta masculina tradicional Yorùbá.  E como sempre, são vestimentas coloridas e muito bem adornadas, usadas por reis, sacerdotes e grandes dignatários da Nigéria e Benin. Na verdade é o manto que cobre o corpo dos ombros até os pés ou joelhos. Tendo ainda o Bùbá e sóóró. No Curso Intermediário de Yorùbá você encontra melhor as descrições de diversas vestimentas Yorubanas.

Mas hoje, o agbádá é usado normalmente por qualquer cidadão, inclusive por nigerianos muçulmanos, evangélicos e os de cultos tradicionais. Há uma tendencia aqui no Brasil de tudo se associar ao Candomblé por vir de lá, mas há muitos vídeos no YouTube onde vemos cultos em Igrejas onde eles usam o agbádá. Seu uso é bem rotineiro, assim como o gèlé – Breve iremos postar a respeito dele!

Espero que tenha gostado dessas informações culturais a respeito dessa vestimenta yorubana muito utilizada dentro do Candomblé.

 

O dábò

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Candomblé Qual o Correto: Abàdá ou Agbádá?

Roupas do Candomblé - Abàdá ou Agbádá   O Candomblé e a Umbanda, assim como o Culto a Ifá possuem vestimentas características. No Candomblé e Culto a Ifá as roupas são em quase sua totalidade de origem nigeriana ou com referências a este país, claro que hoje há muitas adaptações no meio. Lembrando que na Nigéria, essas roupas não são totalmente associadas a cultos religioso